Traceable Species

Lion's Paw Scallop


Coquille de Saint-Jacques, Pata de leão ou Scallops

Lion's Paw Scallop

Vieiras são moluscos bivalves (duas conchas) da família Pectinidae. No Brasil, existem 17 espécies dessa família, porém apenas a Nodipecten nodosus é produzida e cultivada no país.

A vieira é o maior dos pectinídeos encontrados no Brasil, podendo atingir até 18 centímetros de comprimento de concha. Sua distribuição geográfica se estende desde a Carolina do Norte, Flórida, Texas e também desde o sul do mar do Caribe, Ilhas Virgens, América Central, passando pelo Panamá, Colômbia e Venezuela de forma descontínua. No Brasil, sua ocorrência foi registrada nos estados Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro e Santa Catarina. São frequentemente encontrados soltos sob substratos arenosos, em profundidades entre 10 e 25 metros.

A vieira apresenta as duas conchas igualmente convexas e estriadas, com nós ocos proeminentes na valva esquerda, que é a que fica exposta. A concha apresenta coloração vermelha, laranja, marrom ou púrpura, e pode haver variações na coloração dentro da mesma população.  

Como os demais bivalves, são organismos filtradores, ou seja, retiram as microalgas (fitoplâncton) disponíveis no mar, assim só é possível produzir esses animais em locais que apresentam boa qualidade de água, que é o caso da BIG (Baía da Ilha Grande).

Quanto à reprodução, a vieira é um hermafrodita funcional, com desovas ao longo do ano, sendo a primavera e o verão épocas com maior intensidade. Seu ciclo larval dura entre 15 a 19 dias. No entanto, a sua produção em laboratório é a única maneira viável para fornecer sementes e juvenis, em função da sua baixa densidade populacional e falta de sincronismo reprodutivo entre os indivíduos.

As vieiras da Baía da Ilha Grande são orgânicas, e produzidas de forma sustentável (social, ambiental e econômica). O IED-BIG (Instituto de Ecodesenvolvimento da Ilha Grande) possui um laboratório responsável por produzir e fornecer as formas jovens (sementes) para os produtores locais associados a AMBIG (Associação de Maricultores da Baia de Ilha Grande) que fazem a engorda, a colheita e a comercialização em sistemas de cultivos de pequena escala. 

Lion's Paw Scallop

Food Info Lion's Paw Scallop


TASTING NOTES

  • Cor: músculo branco com “coral” (parte reprodutora) de cor laranja;
  • Textura: suave, macia e levemente fibrosa;
  • Sabor: adocicado, suave e com teor rico em proteína e sais minerais essenciais e baixo teor de gordura;
  • Preparo Perfeito: A carne da vieira é muito versátil, podendo ser preparada como ceviche ou sashimi, gratinada, cozida na manteiga
Species Range
Source: Fishbase.org
COMMON NAMES
Coquille de Saint-Jacques
Pata de leão ou Scallops
FISHERY OPENINGS
Lion's Paw Scallop by Aquaculture Jan 01 - Dec 31
These crabs mate at the time of maturity, which is approximately 3 years of age. Females are smaller than males; this is because the development of reproductive tissues required more energy for females, leaving less energy available for continued body growth. They grow through a process known as molting—regularly shedding their shell and growing a new, larger one. They continue to molt and grow after they have reached sexual maturity. During the breeding season, the crabs leave their borrows in a phenomenon characterized by mass mate-searching events. Once mating/fertilization has occurred, females spawns in the water. The larvae released during the rainy season develop in offshore waters and return to coastal waters five to eight weeks after larval release.
Mangrove crabs are important fishery resources in all Brazilian coast, mainly in the north and northeast where many fishermen depend upon their catch. In addition to its social and economic importance, the mangrove crab is a “keystone” species in ecosystem, they playing an important role in the processes of nutrient cycling and energy transfer.

Fishing Methods

{'fisheries': [<License: Lion's Paw Scallop by Aquaculture>], 'gear': <Gear: Scallop Mariculture>}

Scallop Mariculture

As vieiras da Baía da Ilha Grande são orgânicas, e produzidas de forma sustentável (social, ambiental e econômica). O IED-BIG (Instituto de Ecodesenvolvimento da Ilha Grande) possui um laboratório responsável por produzir e fornecer as formas jovens (sementes) para os produtores locais associados a AMBIG (Associação de Maricultores da Baia de Ilha Grande) que fazem a engorda, a colheita e a comercialização em sistemas de cultivos de pequena escala em ambiente natural.

FISHERIES:

Featured Harvester Bernie Berry

Mangrove Crab Harvester

Canavieiras, Brazil

Ahoy there!

Sign up for quarterly updates, news and upcoming exclusive offers.

Name Email